Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Melhores Surfistas Brasileiras: Conheça o TOP 10!

Conheça um pouco as melhores surfistas brasileiras da atualidade, elas que se destacaram ou ainda se destacam na modalidade.

A história do surf

O surf é um esporte feito em que o praticante desliza sobre as ondas do mar com uma prancha que pode variar de tamanho e formato

Originário da Polinésia, o esporte que trabalha todos os músculos, tem como principal ideia de nascimento, o uso feito por nadadores, que perceberam que ao usar uma tábua, chegariam mais rápidos ás margens do mar.

Logo depois, em 1778, a ideia foi levada pelo navegador inglês James Cook para a Europa como um esporte, que ganhou mais popularidade na década de 50 nos Estados Unidos, mais especificamente na Califórnia, onde se tornou parte da cultura.

No Brasil, o esporte foi trazido na década de 60, por meio de alguns funcionários de companhias aéreas, que viram o esporte fora do país e trouxeram a ideia que, logo, se espalhou.

Seu início em solo brasileiro começou na praia de Santos, em São Paulo, se espalhando, logo depois, pelo Rio de Janeiro, até que depois, rapidamente, o esporte se espalhou por todo o litoral brasileiro.

Já na década de 70, iniciaram-se os campeonatos profissionais. No entanto, no Brasil, somente em 1987, o surf foi reconhecido, de fato, como um esporte

Agora que você já sabe um pouco da história do surf no Brasil, que tal conhecer as que são consideradas as melhores surfistas brasileiras? Confira abaixo uma seleção feita com as 10 melhores atletas dessa modalidade de grande notoriedade no mundo

1. Silvana Lima

Imagem com Silvana Lima
Foto: Silvana Lima – Extra Online

A surfista de Paracuru, no Ceará, é um destaque nacional, Silva é a única brasileira no ranking nacional da Liga Mundial de Surf (WSL). Vice campeã mundial duas vezes, em 2008 e 2009, a atleta já foi 8 vezes campeã nacional, sendo, assim, a maior.

2. Maya Gabeira

Maya que começou seus treinos bem cedo, aos 14, também iniciou sua carreira também cedo, aos 15, bem sucedida nas disputas, a competidora hoje já é pentacampeã do Billagon XXL Global Big Waves Awards.

3. Nicole Pacelli

Imagem com Nicole Pacelli
Foto: Nicole Pacelli – Pinterest

Filha do grande surfista Jorge Pacelli, Nicole Pacelli também é destaque pela sua desenvoltura sobre as águas.

Veja também:  Todos os Campeões da Copa do Mundo das 21 Edições

A atleta que foi a primeira brasileira campeã de Stand Up Paddle, também é bicampeã brasileira de Stand Up Paddle.

4. Mariana Werneck

Natural do Rio de Janeiro, Mariana também está na lista de melhores, a surfista coleciona vários títulos pelo seu desempenho nas ondas, alguns exemplos são: Título de Campeã Sul Americana, Vice Campeã Brasileira de Surf na Pororoca e Vice Campeã mundial ISA Games Junior no Equador

5. Chloe Calmon

Imagem com Chloe Calmon
Foto: Chloe Calmon – Jornal de Brasília

A atleta que já conseguiu o terceiro lugar no Campeonato Mundial de Longboard, em Furnas em 2015, também ficou em quinto no Swatch Girls Pro China, se mostrando um grande nome brasileiro do Surf.

6. Bruna Schmitz

Do Paraná, Bruna se destaca dentro do próprio Brasil pelos seus resultados em competições nacionais. A surfista profissional coleciona uma lista de títulos nacionais e já competiu por dois anos na elite da ASP.

7. Tatiana Weston-Webb

Imagem com Tatiana Weston-Webb
Foto: Tatiana Weston-Webb – Wikipédia

A filha de uma brasileira e um pai inglês, Tatiana possui dupla nacionalidade, mas é representante do Brasil nas competições. Em 2019, a surfista competiu no mundial e garantiu o sexto lugar, além disso a atleta coleciona 11 títulos amadores.

8. Tainá Hinckel

A Catarinense Tainá Hinckel, é uma esperança no surf feminino para os próximo anos. A atleta, apesar de ainda não ter ganhado um Mundial, venceu seu primeiro campeonato WQS, na Ferrugem (praia de seu estado) e, hoje, é vice campeã regional do WSL.

9. Andrea Lopes

Imagem com Andrea Lopes
Foto: Andrea Lopes – Uol

Natural do Rio de Janeiro, Andrea é sinônimo de boa surfista. A atleta que é tricampeã nacional foi a primeira brasileira brasileira a ingressar no World Championship Tour (WCT).

10. Tita Tavares

A surfista brasileira de Fortaleza também é destaque nacional quando o assunto é surf. Vencedora das edições 2000, 2003, 2007 e 2008 do SuperSurf, Tita também venceu duas edições do WQS, divisão de acesso.

Integrante da elite de 1999 a 2005, Tita alcançou o quarto lugar em 2004 e quinto em 2005.

Extra

Agora que você já conhece um pouco sobre as melhores surfistas femininas do Brasil, que tal ver quem são quem considerados os melhores surfistas do Brasil? Confira a lista abaixo:

  • Gabriel Medina
  • Adriano de Souza
  • Ítalo Ferreira
  • Felipe Toledo
  • Fábio Gouveia
  • Picuruta Salazar
  • Carlos Burle
  • Flávio Padaratz
  • Rico de Souza
  • Pepê Lopes

Confira melhor em: melhores surfistas brasileiros

Curiosidades do Surf

  • Há competidores e competidoras nas disputas. Com atletas homens e mulheres grandes campeonatos são feitos a redor do mundo.
  • O atleta com o maior faturamento decorrente do surf foi o americano, Kelly Slater, que conseguiu, somente com as disputas, cerca de US$ 702,230,00. Além disso, Kelly também ganhava com publicidades e prêmios
  • Há cerca de 3 milhões de praticantes de surf somente no Brasil
  • Em alguns países cristãos, o surf já foi proibido, porque era associado a práticas pagãs, já que no Havaí, a pratica era usada como ritual de oferenda aos frutos e seus coqueiros
  • A maior onda surfada registrada foi em Nazaré, Portugal, quando o surfista Francês Nazaré Sanches, conseguiu se manter em uma onda de 33 m.
  • Nos primórdios do surfe, as pranchas usadas eram muito pesadas: chegavam a pesar cerca de 40 kg, devido ao seu material, na época, era comum utilizar a madeira maciça. Hoje em dia, há pranchas produzidas com fibra de vidro e carbono pesando cerca de 2 kg.
  • No dia 20 de junho, é considerado o dia mundial do surf. A Data criada em 2004, tem como objetivo celebrar a modalidade e o seu estilo de vida.
  • Na Polinésia, somente os reis podiam praticar o surf em pé, os súditos deveriam sempre praticar o esporte deitados na prancha, por esse motivo, o esporte chegou a ficar conhecido com “esporte dos deuses”.
  • As principais tipos de pranchas são chamadas de Longboard, Gun, FunBoard, Performance e Evolution
  • As principais manobras do surf são chamadas de Rasgada, Aéreo, Cavada, Tubo, Floater e Cut Back
Veja também:  Melhores Jogadoras de Basquete do Mundo: TOP 5!

Conclusão

Por aqui, vimos um bastante sobre as que são consideradas como as melhores surfistas brasileiras, alguns campeonatos que elas participaram e suas premiações. Lembrando que além delas, existem muitas outras surfistas talentosas.

Assim, como diversos outros esportes, o surf no Brasil e no mundo exige do atleta que pratica, o cumprimento de obrigações e regras, para que, assim, as disputas sempre aconteçam de maneira honesta com todos. Por isso, algumas práticas consideradas como trapaça, como o doping, não são permitidas.

A prática saudável de surf é uma ótima opção para quem deseja um estilo de vida dinâmico em que, além dos benefícios físicos, como o fortalecimento muscular, promove o contato com a natureza.

No entanto, é importante salientar que limites marinhos, previamente estabelecidos devem ser respeitados, para a própria saúde do indivíduo.

Com as devidos cuidados e orientações, o surf é uma ótima opção para pessoas de diferentes idades.

Lembre-se, caso tenha vontade de iniciar no surf, procure sempre antes um profissional da saúde para uma avaliação da sua saúde para ter certeza que está tudo bem para conseguir desempenhar bem o que o esporte exige.

Continue acompanhando informações, notícias e curiosidades sobre esportes aqui no Canal Aberto Brasil

você pode gostar também

Escreva um comentário