Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Maiores medalhistas brasileiros em jogos Pan-Americanos

O Canal Aberto Brasil já mostrou tudo sobre os Jogos Pan-Americanos, mas, hoje, resolveu ir além para te mostrar mais dos protagonistas desse grande evento. Nessa seleção, você vai conseguir conhecer melhor sobre os dez maiores medalhistas brasileiros em Jogos Pan-Americanos. Confira!

Antes, relembre um pouco

Os Jogos Pan-Americanos são um grande evento do continente americano que reúne atletas de diversos países da América do Sul, do Norte e Central.

A lista

Na lista abaixo veja um pouco da histórias e medalhas dos dez atletas melhores em desempenho. Confira:

1. Thiago Pereira

Imagem com Thiago Pereira
Foto: Thiago Pereira – Uol

Thiago foi um nadador profissional que marcou não somente a natação, como também os Jogos Pan.

O atleta que nasceu em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, começou a nadar ao 12 anos, em 1998, conquistou sua primeira medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos de 2002, aos 16 anos e, desde lá, Thiago não parou mais.

De 2003 a 2015, em quatro edições do Jogos Pan, Thiago conseguiu 23 medalhas, sendo 15 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze, se tornando atual maior medalhista brasileiro de todos os tempos do evento.

Hoje em dia, Thiago é aposentado como nadador, mas ainda continua fazendo investimentos nos esportes.

2. Gustavo Borges

O também nadador Gustavo Borges alcançou nos Jogos Pan a marca de 19 medalhas, sendo 8 de ouro, 8 de prata e 3 de bronze, entre 1991 e 2003.

Atualmente, o atleta de Riberão Preto, em São Paulo, é o atleta com o maior número de medalhas na natação em campeonatos de maneira geral, no total foram 35.

3. Hugo Hoyama

Imagem com Hugo Hoyama
Foto: Hugo Hoyama – Wikipédia

Nascido em 1969, em São Bernardo do Campo em São Paulo, o mesa-tenista brasileiro ocupa o 3º lugar da lista.

Gustavo entre 1987 e 2011 conseguiu 15 medalhas, sendo 10 de ouro, 1 de prata e 4 de bronze.

4. Cláudio Cano

O também mesa-tenista brasileiro Cláudio Cano, também ocupa lugar de destaque entre os maiores. O paulista conseguiu, entre 1983 e 1995, 12 medalhas, sendo 7 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze.

5. Sebastian Cuattrin

Imagem com Sebastian Cuattrin
Foto: Sebastian Cuattrin – Webventure

O atleta de canoagem nascido na Argentina e naturalizado brasileiro também o ocupa um lugar notável na lista pela suas conquistas. Entre entre 1999 e 2007, o atleta conseguiu 11 medalhas, sendo 1 de ouro, 6 de prata e 4 de bronze.

Veja também:  Descubra Quais os Álbuns Mais Escutados em 2022! Só Sucesso!

6. Djan Madruga

O nadador brasileiro formado e mestrado em educação física se mantém em destaque também no ranking. Entre 1975 e 1983 o atleta conseguiu 11 medalhas, sendo 6 de prata e 6 de bronze.

7. Fernando Scherer

Imagem com Fernando Scherer
Foto: Fernando Scherer – Wikimedia

Fernando Scherer, mais conhecido com Xuxa, conquistou seu espaço como nadador. O brasileiro nacionalmente conhecido, conseguiu, entre 1975 e 1983, 10 medalhas, sendo 7 de ouro, 2 de prata e 1 de bronze.

8. Cláudio Biekarck

O atleta da modalidade Vela (nome dado ao esporte que envolve barcos movidos somente por propulsão à vela) também está no top 10. O brasileiro conseguiu, entre 1975 e 2019, 10 medalhas, sendo 1 de ouro, 5 de prata e 4 de bronze.

9. Kaio Márcio de Almeida

Imagem com Kaio Márcio de Almeida
Foto: Kaio Márcio de Almeida – Uol

O nadador especializado em nado borboleta ocupa o 9º dessa lista. Kaio, entre 2003 e 2015, conseguiu 9 medalhas, sendo 4 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze.

O brasileiro de João Pessoa, na Paraíba, já foi recordista mundial nas provas de 50 e 200m em piscina curta.

10. Leonardo de Deus

Ocupando o décimo lugar da lista, está Leonardo Gomes de Deus. O nadador brasileiro de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, conquistou, entre 2011 e 2019, 9 medalhas, sendo de 4 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze.

Chegamos ao fim dessa lista com os maiores medalhistas brasileiros em Jogos Pan-Americanos.

E é imprescindível entender que esses atletas conseguiram todas essas conquistas através do seu esforço e dedicação, já que o treino para grandes eventos como os Jogos Pan, acontecem muita antecedência.

Os treinos de longos meses mostra como o esforço foi pesado, muitas vezes, com treinamentos intensos e rotinas rigorosas.

Muitas vezes, apesar de não conseguir uma medalha olímpica o atleta deu o melhor de si naquele momento.

A conquista da medalha significa a realização máxima do atleta em uma competição e que mostra que para a realização dessa conquista houve muita dedicação e trabalho firme.

Extra

Agora que você já conhece os dez maiores medalhistas brasileiros em Jogos Pan-Americanos, conheça também as maiores brasileiras medalhista brasileiras da atualidade. Saiba mais abaixo nessa lista com as dez maiores

  1. Larissa Oliveira (natação) com 10 medalhas (1 de ouro, 3 de prata e 6 de bronze) entre 2015 e 2019
  2. Daniele Hypolito (ginástica artística) com 10 medalhas (3 de prata e 7 de bronze) entre 1999 e 2015
  3. Etiene Medeiros (natação) com 9 medalhas (2 de ouro, 2 de prata e 4 de bronze) entre 2011 e 2019
  4. Manuela Lyrio (natação) 9 medalhas (1 de ouro, 3 de prata e 5 de bronze) entre 2007 e 2019
  5. Joanna Maranhão (natação) com 8 medalhas (3 de prata e 5 de bronze) entre 2003 e 2015
  6. Tatiana Lemos (natação) com 8 medalhas (2 de prata e 6 de bronze) entre 1999 e 2011
  7. Daynara de Paula (natação) com 7 medalhas (3 de prata e 4 de bronze) entre 2011 e 2019
  8. Luísa Matsuo (ginática rítmica) com 6 medalhas (6 de ouro) entre 2007 e 2011
  9. Dayane Amaral (ginática rítmica) com 6 medalhas (5 de ouro e 1 de prata) entre 2011 e 2015
  10. Flavia Delaroli (natação) com 6 medalhas (3 de prata e 3 de bronze) entre 1999 e 2011
Veja também:  Conheça os 5 Países Com Mais Medalhas Olímpicas

Curiosidades sobre os jogos Pan-Americanos

  • As cidades brasileiras que a tocha já passou durante as edições do Jogos: Americana, Angra dos Reis, Aracaju, Balneário Camboriú, Belém, Belo Horizonte, Blumenau, Boa Vista, Brasília, Búzios, Cabo Frio, Campinas, Campinho da Independência (antigo quilombo), Campo Grande, Campo Novo de Parecis (comunidade indígena), Canindé de São Francisco, Cidade de Goiás, Cuiabá, Curitiba, Duque de Caxias, Fernando de Noronha, Florianópolis, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, Guarulhos, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Niterói, Nova Iguaçu, Olinda, Ouro Preto, Palmas, Parati, Petrópolis, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória

  • Buenos Aires foi a primeira sede dos jogos, em 1951.
  • O Brasil, até o momento, já foi sede duas vezes: uma em 1963, em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, em 2007
  • Os Estados Unidos são o país com maior número de medalhas atualmente, já são 4713, sendo 2064 de ouro, 1542 de prata e 1107 de bronze

Conclusão

Até aqui foi possível ver mais sobre os maiores medalhistas brasileiros em Jogos Pan-Americanos, que, através de seus esforços, conseguiram lugar de destaque em suas respectivas modalidades.

Reforçando que: para chegar no lugar que chegaram foi necessário muito esforço e dedicação, demonstrados através de seus longos meses de treinamento.

Também foi possível conhecer um pouco sobre as maiores medalhistas brasileiras no Jogos Pan, afinal, como o evento é misto, há também a participação feminina, em que mulheres também apresentam o melhor do que foi treinado ao longo dos meses.

Além disso, algumas curiosidade dos Jogos Pan também apareceram por aqui.

Continue acompanhando notícias, curiosidades e informações sobre esportes aqui no Canal Aberto Brasil

você pode gostar também

Escreva um comentário