Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Tudo Sobre os Jogos Pan-Americanos: O Que é, Regras e +

Os esportes têm grande importância na vida humana, porque além de trazerem significativos momentos de lazer e entretenimento para as pessoas, proporcionam melhora na saúde física e mental. Nesse sentido, os jogos Pan-Americanos possuem uma relevante participação.

Um dos momentos da vida humana que o instinto de competição é aflorado é durante as disputas em jogos e campeonatos. Nessas situações, o instinto competitivo pode ser benéfico, por vários motivos como:

– Desenvolver novas capacidades: inevitavelmente, há a necessidade de tomar decisões rápidas e trabalhar sobre pressão, a fim de se tornar o campeão.

– Superação de limites: durante competições, é imprescindível que o competidor aprenda a superar seus limites e consiga dar o melhor de si em uma nova partida, para que, assim, a almejada vitória seja alcançada.

– Aprender novas lições: nem só de vitórias vive o homem, por isso, a competição em um jogo pode ensinar a lidar com a derrota de maneira mais descontraída.

Nesse contexto competitivo, os jogos Pan-Americanos se destacam, porque além de reunirem todos esses fatores, reúnem atletas das Américas para disputarem diversos esportes.

Confira abaixo tudo sobre esse mega evento!

O que é

O que e
Foto: O que é – jogos Pan-americanos

Os jogos Pan-Americanos são um evento multi-esportivo que reúne atletas de países da América do Norte, do Sul e Central. O evento acontece a cada quatro anos.

Como tudo começou

Em 1932, os representantes esportivos de diferentes países tiveram a ideia de criar uma competição que envolvesse todos os países do continente americano.

Com isso, em 1940, foi realizado o I Congresso Esportivo Pan-Americano em Buenos Aires, na Argentina, para alinhar como tal competição aconteceria.

A ideia inicial era que o evento acontecesse em 1942, porém precisou ser cancelada, devidos aos conflitos da Segunda Guerra Mundial.

Dessa forma, depois de tudo certo, em 1951, foi realizada a primeira edição dos jogos em Buenos Aires, na Argentina, essa que foi escolhida por diversos fatores como: localização geográfica e sua forte tradição esportiva na época.

Como é definido o país sede dos jogos Pan-Americanos

Como e definido o pais sede dos jogos Pan Americanos
Foto: Como é definido o país sede dos jogos Pan-Americanos

Não é tão simples. Para ser escolhido como país sede dos jogos, primeiramente, é necessário que o país interessado entre em um processo de candidatura e seleção, conduzido pela Organização Desportiva Pan-Americana (ODEPA), que é a organização que fica responsável pela organização dos jogos.

Veja também:  As maiores rivalidades no esporte: relembre algumas pelo mundo

A ODEPA é responsável por enviar o convite a todos os Comitês Olímpicos Nacionais das Américas para eles apresentarem suas propostas de candidatura. Já os comitês interessados, devem enviar informações sobre instalações esportivas, segurança e outras questões relevantes para a realização dos jogos.

Após avaliação das candidaturas, a ODEPA seleciona uma lista de cidades finalistas para uma visita, a fim de avaliar todas as questões de instalações esportivas e de infraestrutura de cada cidade.

Depois dessa fase, um relatório técnico é gerado com uma recomendação de sede para seu próprio Comitê Executivo.

Por fim, o Comitê Executivo da ODEPA vota e escolhe a cidade dos jogos Pan-Americanos, levando em consideração vários fatores, como: capacidade de acomodação, segurança e qualidade das instalações esportivas.

Países participantes

Como a participação nos jogos Pan-Americanos é voluntária, não há uma obrigatoriedade de que todos os países dos continentes americanos participem, por isso, a quantidade de países participantes pode variar a cada edição do evento.

Para a participação, é necessário que o país cumpra os regulamentos e requisitos do evento, como: seguir as regras do contrato e enviar uma delegação e atletas qualificados.

Normalmente, a maioria dos países participa regularmente, alguns exemplos são: Brasil, os Estados Unidos e México.

Jogos Pan-Americanos no Brasil

Até o início de 2023, foram realizadas 18 edições dos jogos Pan-Americanos e duas delas foram no Brasil, a primeira, em São Paulo, em 1963, a segunda, no Rio de Janeiro, em 2007.

Esportes que fazem parte do evento

Imagem Esportes que fazem parte do evento
Foto: Esportes que fazem parte do evento

A quantidade de esportes que faz parte do evento pode variar a cada edição, mas, inevitavelmente, todas as vezes, variados esportes são reunidos, alguns exemplos são: tênis, boliche e ginástica.

O Comitê Olímpico Internacional, entende como esporte todo aquele que possui um federação e que dentro dele haja modalidades, a exemplo da ginástica, ela é um esporte da Federação Nacional de Ginástica (FIG), que possui as modalidades artística, rítmica e trampolim.

Tocha

A tocha é um dos símbolos dos jogos Pan-Americanos.

Tradicionalmente, ela é acendida cem dias antes pela luz solar em Olímpio, na Grécia, e é passada, normalmente, de mão em mão por personalidades e atletas até o país sede do evento, quando então seu fogo é passado para uma pira na abertura dos jogos.

No Brasil, em 1963, houve uma exceção no acendimento da tocha: ela foi acesa pelos índios Carajás, em Brasília.

Veja também:  Melhores Times de Basquete do Brasil: Os 5 Mais Famosos

Mascote

Imagem Mascote
Foto: Mascote

Outro elemento importante que surgiu em 1979 é a mascote. Ela varia a cada edição, já que representa características culturais do país sede dos jogos. No Brasil, em 2007, por exemplo, o escolhido foi um sol, caracterizando parte da história do Rio de Janeiro. O nome escolhido por votação popular foi Cauê.

Medalhas

No ranking geral, até a edição de 2019, os Estados Unidos, se consagraram como o país a obter maior número de medalhas de seus atletas. Foram 4.719, entre medalhas de ouro, prata e bronze. O Brasil fica em quarto, com 1377.

Medalhistas brasileiros

Imagem Thiago Pereira
Foto: Thiago Pereira

Em posição de destaque está Thiago Pereira, um nadador profissional, que em quatro edições dos jogos Pan-Americanos entre 2003 e 2015, conseguiu nada mais, nada menos que 23 medalhas, sendo 15, de ouro, se tornando, assim, o atleta mais premiado da história do evento.

Outro que conseguiu um feito incrível foi o também nadador Gustavo Borges, que entre 1991 e 2003, conseguiu 19 medalhas, sendo 8 de ouro.

Doping

Do lado sombrio das competições está o doping, que é o uso de drogas que tem como objetivo melhorar a performance do atleta, porém seu uso é proibido.

Na edição de 2015, por exemplo, a halterofilista mexicana Cinthya Dominguez Lara, foi excluída da competição, após um teste acusar positivo por uso de Oxandrolona (anabolizante).

Curiosidades

  • Apesar de ter muito mais países participantes atualmente, na primeira edição, “apenas” 21 países participaram do evento.
  • Em 1975, o Brasil não sediou os jogos Pan-Americanos na cidade de São Paulo por causa de um surto de meningite que acontecia na cidade naquele ano. Por isso, uma nova sede precisou ser escolhida, nesse caso, o México.
  • Como a primeira mascote surgiu no ano de 1979, nos jogos aconteceram em San Juan, Porto Rico, e foi um sapo, chamado de Coqui. Este animal é comum em Porto Rico.
  • Ao todo 45 países já participaram da competição.
  • Até o ano de 2023, aconteceram 18 edições do evento, sendo 3 no México e 3 no Canadá, países que mais sediaram os jogos.

Conclusão

Hoje você viu muita coisa interessante sobre essa mega evento das Américas e como o esporte está totalmente ligado a ele. Por isso, te convido a conhecer um pouco mais sobre um grande esporte de destaque mundial o tênis e seus grandes jogadores, como também os melhores jogadores de vôlei.

você pode gostar também

Escreva um comentário