Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Jogos Olímpicos da Juventude: Conheça Esta Modalidade

Incrivelmente, o mundo dos esportes é cheio de histórias interessantes e conquistas memoráveis. Um grande evento que se destaca a nível internacional no âmbito esportivo são os jogos da juventude, em que as disputas acontecem somente entre adolescentes.

O que são

Imagem O que são - jogos Olímpicos da Juventude
Foto: O que são – jogos Olímpicos da Juventude

Os jogos Olímpicos da Juventude (JOJ), são um grande evento multidesportivo, que reúne jovens de todo o mundo com idades entre 15 e 18 anos em diferentes competições.

A cerimônia acontece a cada dois anos e pode ser considerada multidesportiva, como os jogos Pan-Americanos, porque reúne, a cada realização, diferentes modalidades esportivas, como a ginástica e a natação, nesse caso, cada uma dessas, é uma modalidade.

Os JOJ que acontecem alternando entre inverno e verão a cada edição, é uma super oportunidade de jovens competirem em nível internacional. Além disso, os atletas são contemplados com oficinas sobre vida e carreira, já que os JOJ têm grande foco no desenvolvimento pessoal dos jovens que participam.

Como surgiram

Em 2007, durante a 119ª Sessão do Comitê Olímpico Internacional, o COI teve a ideia de criar um evento que proporcionasse aos jovens, além da mesma sensação de participar de um evento olímpico, grandes oportunidades de desenvolvimento pessoal, então a ideia foi elaborada e os JOJ foram criados.

Logo depois, em 2010, aconteceu a primeira edição, que contou com a participação de mais de 3.500 atletas de 204 países que competiram em 26 modalidades.

Quem pode participar

Imagem Quem pode participar - jogos Olímpicos da Juventude
Foto: Quem pode participar – jogos Olímpicos da Juventude

Como os Jogos Oímpicos da Juventude tem como foco a participação de jovens, foi estabelecido que somente adolescentes entre 15 e 18 anos podem participar, além disso, é necessário que sejam cumpridas algumas regras de elegibilidade, como:

Estar livre do doping: o atleta não pode ter violado as regras antidoping ou ter sido suspenso por isso nos últimos dois anos anteriores à edição.

Cidadania: normalmente, o atleta precisa ser cidadão do país que está representando para conseguir participar dos jogos. Em raros casos, o atleta até pode representar um país mesmo não sendo cidadão, desde que possua vínculo familiar naquele país, esse exemplo é conhecido como “Rule 41”.

Onde acontecem

Como a localização varia a cada edição, não existe uma cidade ou país fixo para a realização dos jogos. Por exemplo, na primeira edição, em 2010, Singapura foi o país sede, já em 2014 foi Nanquim, na China.

Veja também:  Confira 08 esportes populares em diferentes países

A escolha do país responsável por sediar os jogos é feita pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), após um processo de candidatura voluntário feito com os países interessados. O COI visita esses países para uma avaliação e vota no que considera ideal naquele momento.

Alguns aspectos são considerados para a escolha, como: instalações esportivas e capacidade de hospedagem.

Tocha

Imagem Tocha
Foto: Tocha

A tocha é um dos símbolos do JOJ, e ela muda a cada edição, porque sempre possui detalhes que refletem a história e a cultura de cada cidade sede dos jogos.

Mascote

Um elemento divertido que não falta nos jogos é a mascote, e a sua escolha é sempre feita pelo Comitê Olímpico Internacional. Na escolha são consideradas características e peculiaridades culturais de cada país sede.

Na edição de 2020, por exemplo, que aconteceu em Lausanne, na Suíça, a escolha foi de um animal híbrido inventado: uma espécie de mistura de cão com cabra, representando animais que vivem nas montanhas da Suíça. O animal serviu também para representar a diversidade presente nos jogos.

Atletas de destaque

A cada edição, vários atletas têm a oportunidade de mostrar seus talentos e habilidades, e ao longo das várias edições, vários competidores se destacaram por seus grandes feitos nos próprios jogos ou até mesmo depois, alguns exemplos são:

Hugo Calderano: O brasileiro que é tenista de mesa, conquistou uma medalha de ouro na edição de 2010, em Singapura.

Atualmente, Hugo é considerado um dos melhores tenistas de mesa do mundo, alcançando em Julho de 2021, 6º lugar em um ranking mundial que considera os melhores em desempenho.

Simone Biles: A ginasta americana conquistou três medalhas de ouro e uma de bronze na edição de 2010 dos Jogos Olímpicos da Juventude. Posteriormente, em 2021, Simone foi considerada uma das melhores do mundo, porque já tinha um feito incrível: colecionado medalhas, um total de 30.

Chad le Clos: Também na edição de 2010, em Singapura, o nadador sul-africano, Chad le Clos, ganhou cinco medalhas de ouro e uma de prata, se tornando, assim, um atleta notório para todos.

Fan Zendhog: Nos Jogos Olímpicos em 2014, o mesa-tenista de 17 anos conseguiu a medalha de ouro na categoria individual masculino, vencendo seu adversário Yuto Muramatsu.

Lembrando que esses são apenas alguns dos muitos atletas habilidosos que participam todas as vezes se destacando em suas respectivas modalidades.

Atletas punidos por uso de doping

Nos JOJ, assim como em todas as competições, há testes com os atletas para que seja comprovado que os mesmos não tenham feito o uso de substâncias ilegais que os façam sair em vantagem em comparação aos demais, a fim de que seja criado um ambiente seguro e uma competição justa.

Veja também:  Melhores Jogadores de Tênis: 5 Grandes Nomes do Esporte

Mesmo assim, constantemente, atletas são punidos pelo uso dessas substâncias ilegais. Veja alguns exemplos:

Enoke Adegoke: o corredor nigeriano foi desclassificado dos jogos na edição de 2010, após testar positivo para um hormônio de crescimento humano (não divulgado qual). Adegoke havia conquistado uma medalha de prata na prova dos 100 m, mas teve sua medalha retirada e sua conquista anulada.

Enoch foi punido pela Federação Internacional de Atletismo, com uma suspensão de quatro anos. Isso significa durante esse período ele ficou inelegível para competir em qualquer competição esportiva.

Johnny Pilay: também na edição de 2010, o lutador equatoriano Johnny Pilay que ficou em 5º lugar na categoria até 63 kg, testou positivo no teste antidoping para o uso de furosemida, um diurético proibido. Com isso, foi excluído dos jogos.

Curiosidades

  • Os jogos alternam entre jogos de verão e jogos de inverno. Ou seja, se a última edição tiver sido de verão, a próxima vai ser de inverno.
  • Os Jogos Olímpicos da juventude são a maior competição do mundo para jovens atualmente.
  • Os JOJ também têm como foco a inclusão, por isso, em todas as edições há oportunidades para pessoas com deficiências em vários de seus eventos.
  • Dentro cada edição, há também o Festival da Cultura e Educação, que tem como objetivo mostrar aos atletas a história e cultura do país anfitrião, através de exposições culturais e eventos artísticos.
  • Um diferencial presente nos Jogos Olímpicos da Juventude é a possível presença de equipes mistas em diversas modalidades, como, por exemplo:
  1. Natação: revezamento 4x100m medley misto;
  2. Tênis de mesa: equipes mistas;
  3. Triatlo: revezamento misto;
  4. Judô: torneio por equipes mistas;
  5. Atletismo: revezamento 4x400m misto.

Conclusão

Até aqui, foi possível conhecer bem mais sobre esse super evento, feito para os jovens e como ele pode ser além de uma competição: um momento para conhecer bem mais sobre a cultura e história de outro país. E, claro, um ótimo momento para conhecer jovens atletas de diferentes partes do mundo.

Vimos também como o uso de substâncias, mesmo que usadas com o objetivo de aumentar o desempenho e trazer vantagens, pode trazer graves penalidades.

Continue acompanhando informações, notícias e curiosidades sobre esportes.

você pode gostar também

Escreva um comentário