Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Conheça 7 Atletas Olímpicos Transgênero Mais Famosos do Mundo!

As Olimpíadas são o maior evento esportivo do mundo, reunindo os melhores atletas olímpicos de diversas modalidades. 

Nos últimos anos, tem havido um aumento na visibilidade e aceitação de atletas transgêneros nas competições olímpicas.

Embora a participação de atletas transgêneros nas Olimpíadas seja relativamente recente, eles já tiveram um impacto significativo no cenário esportivo. 

Aqui estão alguns dos atletas transgêneros que já competiram nas Olimpíadas:

Atletas olímpicos transgênero: conheça os destaques

Agora, veja a lista com os atletas olímpicos transgênero mais conhecidos:

Laurel Hubbard – Halterofilismo

Imagem Laurel Hubbard - Halterofilismo
www.dw.com

Laurel Hubbard é uma halterofilista transgênero da Nova Zelândia que vem ganhando destaque na mídia por suas conquistas no esporte. 

Hubbard se tornou a primeira atleta transgênero a competir nas Olimpíadas de Tóquio em 2021, levantando 125 kg na categoria feminina de +87 kg.

A participação de Hubbard nos Jogos Olímpicos gerou muita controvérsia e debate em torno da questão da inclusão de atletas transgêneros nos esportes. 

Alguns críticos argumentam que a presença de Hubbard na categoria feminina dá a ela uma vantagem injusta devido à sua biologia masculina anterior. 

No entanto, defensores dos direitos transgêneros argumentam que as regras atuais permitem que ela compita nas categorias correspondentes à sua identidade de gênero, e que sua participação é um passo importante para a inclusão de pessoas transgêneros no esporte.

Antes de sua transição, Hubbard competiu como um halterofilista masculino, mas depois de fazer a transição, ela passou a competir na categoria feminina. 

Embora alguns argumentem que sua biologia masculina anterior lhe dá uma vantagem injusta, a ciência não apoia necessariamente essa visão

Um estudo recente publicado no British Journal of Sports Medicine descobriu que as atletas transgêneros que tomam hormônios femininos têm uma redução significativa em sua massa muscular e força, o que pode nivelar o campo de jogo.

Harrison Browne – Hóquei

Harrison Browne é um jogador de hóquei americano que se destaca na liga profissional NWHL (National Women’s Hockey League). 

Nascido em 1993 em Oakville, Ontário, Browne foi designado do sexo feminino ao nascer, mas em 2016 anunciou que era um homem trans e passou a jogar na liga como um jogador masculino.

Veja também:  Os 12 Maiores Paratletas Olímpicos: História, Medalhas e +

Browne é conhecido por sua habilidade como atacante e sua liderança em quadra. Ele jogou pela primeira vez na NWHL em 2015 como membro do Buffalo Beauts, onde conquistou o título de campeão da liga em 2017. 

Ele também jogou pelo Metropolitan Riveters antes de se aposentar em 2018.

Além de suas habilidades no gelo, Browne é um defensor ativo dos direitos LGBTQ+ e trabalha para aumentar a visibilidade e a inclusão de atletas trans no mundo do esporte. 

Ele é um modelo e uma inspiração para muitos jovens que também estão passando por transições de gênero.

Chris Mosier – Triatlo

Imagem Chris Mosier - Triatlo
www.uol.com.br

Chris Mosier é um atleta americano de triatlo e duatlo, conhecido por ser o primeiro atleta transgênero a representar os Estados Unidos em uma competição internacional. 

Mosier nasceu em 1980 em Doylestown, Pensilvânia, e passou por sua transição de gênero em 2010.

Desde então, Mosier tem se dedicado ao esporte, competindo em várias provas de triatlo e duatlo em todo o mundo. 

Ele se tornou um defensor ativo dos direitos LGBTQ+ e trabalha para aumentar a visibilidade e a inclusão de atletas trans no mundo do esporte.

Em 2015, Mosier fez história ao se tornar o primeiro atleta transgênero a se classificar para a equipe masculina dos Estados Unidos no Campeonato Mundial de Duatlo. 

Ele também se tornou o primeiro atleta transgênero a ser patrocinado pela Nike em 2016.

Balian Buschbaum – Salto em Altura

Balian Buschbaum é um ex-atleta alemão de salto em altura que ficou conhecido por sua transição de gênero em 2007. 

Nascido em 1980 como Yvonne Buschbaum, ele se tornou um dos melhores saltadores em altura da Alemanha, participando de diversas competições internacionais.

Após sua transição de gênero, Buschbaum se aposentou do esporte, mas continuou a ser uma figura importante na comunidade esportiva, trabalhando como treinador e palestrante motivacional. 

Ele é um defensor ativo dos direitos LGBTQ+ e trabalha para aumentar a visibilidade e a inclusão de atletas trans no mundo do esporte.

Keelin Godsey – Luta livre

Imagem Keelin Godsey - Luta livre
olimpiadas.uol.com.br

Keelin Godsey é uma ex-lutadora americana de luta livre olímpica que ficou conhecida por sua transição de gênero em 2014. 

Veja também:  Atletas Olímpicos Cassados Por Doping: Veja 10 Nomes

Nascida em 1984, Godsey competiu na luta livre desde os 12 anos de idade e se tornou uma das melhores lutadoras dos Estados Unidos, ganhando várias competições nacionais e internacionais.

Após sua transição de gênero, Godsey enfrentou muitos desafios e preconceito no mundo do esporte. 

Ela lutou para se qualificar para a equipe dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de 2016, mas não conseguiu devido a uma lesão no joelho

No entanto, ela continuou a ser uma figura importante na comunidade esportiva, trabalhando como treinadora e palestrante motivacional.

Fallon Fox – MMA

Fallon Fox é uma ex-lutadora americana de artes marciais mistas (MMA) que ficou conhecida por ser a primeira lutadora transgênero a competir profissionalmente no esporte. 

Nascida em 1975, Fox competiu em várias competições de MMA em todo o mundo, incluindo o Invicta FC e o Championship Fighting Alliance.

Desde sua transição de gênero em 2006, Fox enfrentou muitos desafios e críticas no mundo do MMA. 

No entanto, ela se tornou uma defensora ativa dos direitos LGBTQ+ e trabalha para aumentar a visibilidade e a inclusão de atletas trans no mundo do esporte.

Apesar das críticas, Fallon Fox se tornou um ícone da comunidade trans e do esporte. Ela é um exemplo de perseverança e coragem, inspirando pessoas de todas as idades a seguir seus sonhos e a lutar pelos seus direitos. 

Além disso, ela também trabalha como treinadora de MMA e é uma palestrante motivacional, compartilhando sua história e inspirando outras pessoas a alcançarem seus objetivos.

Schuyler Bailar – Natação

imagem Schuyler Bailar - Natação
ge.globo.com

SSchuyler Bailar é um nadador americano que ficou conhecido por ser o primeiro atleta transgênero a competir em uma equipe de natação universitária masculina da Divisão I nos Estados Unidos. 

Nascido em 1996, Bailar começou a competir na natação aos 5 anos de idade e rapidamente se destacou como um atleta talentoso.

Em 2015, Bailar fez a transição de gênero e começou a competir na equipe feminina de natação de Harvard. 

No entanto, ele logo percebeu que não se identificava mais com a equipe feminina e decidiu mudar para a equipe masculina

Em 2016, ele se tornou o primeiro atleta transgênero a competir em uma equipe de natação masculina da Divisão I.

Esses são apenas alguns exemplos de atletas transgêneros que estão fazendo história no cenário esportivo. 

Suas conquistas são um testemunho de sua habilidade, talento e determinação, independentemente de sua identidade de gênero

Com mais inclusão e apoio, esperamos ver mais atletas transgêneros competindo nas Olimpíadas e em outros eventos esportivos importantes no futuro.

você pode gostar também

Escreva um comentário