Bem-vindo ao Conhecimentos Gerais, um site dedicado a oferecer informações e conhecimentos sobre uma variedade de matérias, incluindo português, matemática, ciências, geografia e muito mais.

Exercícios de Orações Subordinadas Adverbiais: COM GABARITO!

A oração subordinada adverbial, um recurso que confere fluidez e precisão às nossas frases, permitindo-nos estabelecer relações de causa, condição, tempo, finalidade, entre outras.

O que são orações subordinadas adverbiais?

As orações subordinadas adverbiais são construções linguísticas que complementam uma oração principal, trazendo informações adicionais sobre circunstâncias, condições, causas, concessões, finalidades, entre outras possibilidades. 

No idioma português, existem nove tipos principais de orações subordinadas adverbiais. Elas são chamadas assim porque atuam como adjuntos adverbiais na oração principal. Aqui estão elas:

  1. Causal: indica a causa da ação expressa na oração principal. Normalmente introduzida por palavras como “porque”, “como”, “visto que”, “já que”, “uma vez que”, entre outras. Exemplo: “Não fui à festa porque estava doente”.
  2. Comparativa: estabelece uma comparação com a ação expressa na oração principal. As conjunções comparativas mais comuns são “como”, “mais…do que”, “menos…do que”, “tão…quanto”, entre outras. Exemplo: “Ele corre como um leopardo”.
  3. Concessiva: expressa uma ideia contrária à da oração principal, mas que não impede a realização do fato expresso na oração principal. Geralmente é introduzida por “embora”, “apesar de”, “mesmo que”, entre outras. Exemplo: “Apesar de estar chovendo, ele foi ao parque”.
  4. Condicional: apresenta uma condição para a ocorrência da ação principal. As conjunções condicionais mais comuns são “se”, “caso”, “a menos que”, entre outras. Exemplo: “Se você estudar, passará no exame”.
  5. Conformativa: mostra a conformidade ou o modo como ocorre a ação da oração principal. Normalmente introduzida por “conforme”, “como”, “segundo”, entre outras. Exemplo: “Conforme combinamos, irei buscá-lo às 8 horas”.
  6. Consecutiva: apresenta uma consequência para a ação expressa na oração principal. Frequentemente é introduzida por “que” (precedido de “tão”, “tal”, “tanto”, etc.), “de forma que”, “de modo que”, entre outras. Exemplo: “Estudou tanto que conseguiu a aprovação”.
  7. Final: expressa o objetivo ou a finalidade da ação da oração principal. Geralmente introduzida por “para que”, “a fim de que”, entre outras. Exemplo: “Estudo muito para que eu possa passar no exame”.
  8. Temporal: indica o tempo em que ocorre a ação da oração principal. As conjunções temporais mais comuns são “quando”, “enquanto”, “antes que”, “depois que”, entre outras. Exemplo: “Quando cheguei, todos já haviam saído”.
  9. Proporcional: expressa uma relação de proporção com a ação da oração principal. As locuções proporcionais mais comuns são “à medida que”, “quanto mais”, entre outras. Exemplo: “À medida que o tempo passa, ficamos mais experientes”.
Veja também:  Como usar os porquês? Tudo o que você precisa saber

Exercícios de Fixação 

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Embora esteja cansado, ele continuou a trabalhar.”

a) Condicional

b) Temporal

c) Concessiva

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Para que todos entendam, explicarei novamente.”

a) Causal

b) Temporal

c) Final

d) Condicional

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Assim que terminar o jantar, sairemos para passear.”

a) Condicional

b) Temporal

c) Causal

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Apesar de estar chovendo, eles foram à praia.”

a) Final

b) Temporal

c) Condicional

d) Concessiva

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Se estudarmos, passaremos na prova.”

a) Causal

b) Final

c) Temporal

d) Condicional

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Embora discordemos, respeitamos sua opinião.”

a) Temporal

b) Condicional

c) Concessiva

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Quando o sol se pôs, começamos a acender as luzes.”

a) Condicional

b) Final

c) Causal

d) Temporal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Desde que você estude, terá bons resultados.”

a) Temporal

b) Condicional

c) Final

d) Causal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Por mais que eu estude, ainda tenho dificuldades.”

a) Causal

b) Final

c) Temporal

d) Concessiva

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Enquanto você trabalha, eu descanso.”

a) Final

b) Concessiva

c) Causal

d) Temporal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Se chegarmos a tempo, poderemos pegar o último ônibus.”

a) Causal

b) Temporal

c) Condicional

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Embora não saiba nadar, ele se aventura no mar.”

a) Final

b) Concessiva

c) Temporal

d) Causal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Assim que eu terminar a leitura, emprestarei o livro a você.”

a) Condicional

b) Temporal

c) Causal

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Para que possamos alcançar o sucesso, devemos trabalhar duro.”

a) Causal

b) Temporal

c) Final

d) Condicional

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Mesmo que você esteja ocupado, faça um esforço para comparecer.”

a) Final

b) Condicional

c) Concessiva

Veja também:  Dominando a Arte da Análise de Textos

d) Causal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Quando eu chegar, você já terá partido.”

a) Condicional

b) Final

c) Causal

d) Temporal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Apesar de estudar muito, ele não obteve boas notas.”

a) Temporal

b) Causal

c) Condicional

d) Concessiva

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Desde que você me ajude, conseguiremos finalizar o projeto a tempo.”

a) Final

b) Condicional

c) Temporal

d) Causal

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Embora tenha acordado cedo, ele se atrasou para a reunião.”

a) Causal

b) Temporal

c) Concessiva

d) Final

  1. Identifique a oração subordinada adverbial destacada na frase abaixo:

Se você se esforçar, alcançará seus objetivos.”

a) Temporal

b) Condicional

c) Final

d) Causal

  1. Identifique o tipo de oração subordinada adverbial nas seguintes frases:
  1. Mesmo que chova, iremos ao parque.
  2. A menina correu até que ficou cansada.
  3. Você não irá à festa a menos que termine seus deveres.
  4. Ele foi ao mercado enquanto a esposa preparava o jantar.
  5. Estudei tanto que fiquei com dor de cabeça.
  6. Ela é tão bonita quanto inteligente.
  7. Conforme o professor explicou, a prova será na próxima semana.
  8. Comemos tanto quanto podíamos no bufê.
  9. Ele não deixou a festa, embora estivesse cansado.
  10. Ela não poderá sair de casa a menos que se recupere.

Gabaritos dos exercícios

  1. Gabarito: c) Concessiva
  2. Gabarito: c) Final
  3. Gabarito: b) Temporal
  4. Gabarito: d) Concessiva
  5. Gabarito: d) Condicional
  6. Gabarito: c) Concessiva
  7. Gabarito: d) Temporal
  8. Gabarito: b) Condicional
  9. Gabarito: c) Temporal
  10. Gabarito: d) Temporal
  11. Gabarito: c) Condicional
  12. Gabarito: b) Concessiva
  13. Gabarito: b) Temporal
  14. Gabarito: c) Final
  15. Gabarito: c) Concessiva
  16. Gabarito: d) Temporal
  17. Gabarito: c) Condicional
  18. Gabarito: a) Final
  19. Gabarito: c) Concessiva
  20. Gabarito: b) Condicional
  21. Identifique o tipo de oração subordinada adverbial nas seguintes frases:
  1. Mesmo que chova, iremos ao parque. (Concessiva)
  2. A menina correu até que ficou cansada. (Temporal)
  3. Você não irá à festa a menos que termine seus deveres. (Condicional)
  4. Ele foi ao mercado enquanto a esposa preparava o jantar. (Temporal)
  5. Estudei tanto que fiquei com dor de cabeça. (Consecutiva)
  6. Ela é tão bonita quanto inteligente. (Comparativa)
  7. Conforme o professor explicou, a prova será na próxima semana. (Conformativa)
  8. Comemos tanto quanto podíamos no bufê. (Proporcional)
  9. Ele não deixou a festa, embora estivesse cansado. (Concessiva)
  10. Ela não poderá sair de casa a menos que se recupere. (Condicional)

Espero que esses exercícios sejam úteis para a sua prática com orações subordinadas adverbiais!

você pode gostar também

Escreva um comentário